Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus forma primeira turma do curso de Braille
Início do conteúdo da página Notícias

Campus forma primeira turma do curso de Braille

O público-alvo foram os profissionais da Educação do município
  • Assessoria de Comunicação, com informações do Campus
  • publicado 21/12/2015 09h18
  • última modificação 21/12/2015 09h19

TurmaBraillePinheiro2015
Durante quase 3 meses, o Campus Pinheiro realizou o curso de Braille, formado por profissionais que atuam na Educação do município. O curso foi elaborado pela servidora Denise Ferreira, com a colaboração de Gabriela Martins e teve como objetivo contribuir para o processo ensino-aprendizagem das escolas municipais, formando profissionais capacitados para o exercício da educação inclusiva. “O Campus Pinheiro, com o curso de sistema Braille proporcionou à comunidade de Pinheiro uma educação inclusiva aos alunos com deficiência visual”, avalia Denise Ferreira.

 

Saiba mais

O sistema Braille é um processo de escrita e leitura baseado em 64 símbolos em relevo, resultantes da combinação de até seis pontos dispostos em duas colunas de três pontos cada. Pode-se fazer a representação tanto de letras, como algarismos e sinais de pontuação. Ele é utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão, e a leitura é feita da esquerda para a direita, ao toque de uma ou duas mãos ao mesmo tempo.

O código foi criado pelo francês Louis Braille (1809 – 1852), que perdeu a visão aos 3 anos e criou o sistema aos 16. Ele teve o olho perfurado por uma ferramenta na oficina do pai, que trabalhava com couro. Após o incidente, o menino teve uma infecção grave, resultando em cegueira nos dois olhos.

O Brasil conhece o sistema desde 1854, data da inauguração do Instituto Benjamin Constant, no Rio de Janeiro, chamado, à época, Imperial Instituto dos Meninos Cegos. Fundado por D. Pedro II, o instituto já tinha como missão a educação e profissionalização das pessoas com deficiência visual.

registrado em:
Assunto(s): Braille , Campus Pinheiro , IBC
Fim do conteúdo da página