Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Campus Pinheiro sedia reunião do Colégio de Dirigentes
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Pinheiro sedia reunião do Colégio de Dirigentes

Na reunião, foram apresentados os projetos estratégicos do IFMA, novas funcionalidades do SUAP o planejamento orçamentário 2018.
  • Maycon Rangel
  • publicado 14/07/2017 23h42
  • última modificação 14/07/2017 23h45

(Da esq. à dir.) Nadylayne Diniz, Roberto Brandão e Vandeberg Pereira

Nesta quinta-feira (13), o reitor, pró-reitores, diretores gerais e sistêmicos se reuniram na 73ª Reunião do Colégio de Dirigentes (Coldir), realizada no Auditório do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Pinheiro, para debater as seguintes pautas: projetos estratégicos do IFMA (Campus Referência, Escritório de Processos, Gestão do Conhecimento e Sistema de Gestão de Tarefas); lançamento de novas funcionalidades do SUAP: versão mobile para alunos e o módulo do cálculo de pagamento para substituto; e Planejamento Orçamentário 2018.

Na abertura da reunião, o diretor-geral do Campus Pinheiro, Vandeberg Pereira, desejou boas-vindas aos dirigentes e falou sobre o trabalho que a unidade vem desenvolvendo ao longo do último ano. “Aqui é um espaço de diálogo, que gosta de receber as pessoas… estamos sempre abertos à comunidade”. A diretora de Desenvolvimento de Ensino, Jully Hellen Carvalho, fez uma breve apresentação dessas ações, apontando os resultados alcançados com a execução dos projetos de extensão e de pesquisa. Houve também a apresentação de estudantes do campus que participam de um projeto de educação musical coordenado pelo professor Weeslem de Lima e pelos técnicos administrativos Rógenes Parga e Vivaldo Filho.

O reitor e presidente do Coldir, Roberto Brandão, fez uma explanação sobre o cenário orçamentário esperado em 2018 para as instituições que compõem a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. À frente da gestão do Conif (entidade que reúne os reitores dos Institutos Federais), Roberto Brandão socializou com os dirigentes as ações de articulação que a entidade vem realizando junto à Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), a fim de garantir recursos para a consolidação e manutenção da rede. “Os Institutos Federais precisam demonstrar cada vez mais para a sociedade qual o seu papel, o seu valor e as suas potencialidades”, apontou, reiterando a necessidade de um bom planejamento para que o IFMA continue exercendo seu papel transformador no Estado do Maranhão.

 

Confira as pautas discutidas no Coldir:

 

Projetos estratégicos do IFMA

Como fruto do Planejamento Estratégico 2016-2020, o IFMA irá implementar 17 projetos estratégicos. Na reunião do Coldir, foram apresentados quatro desses projetos: Campus Referência, Escritório de Processos, Gestão do Conhecimento e Sistema de Gestão de Tarefas. O pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional e coordenador geral do Planejamento Estratégico, Carlos César Teixeira, repassou alguns informes sobre a construção do planejamento, explicando a importância dos projetos para alcançar melhores resultados institucionais.

  • Campus Referência: o projeto será liderado pelo diretor de Gestão de Infraestrutura, Berto de Tácio, e seu objetivo é desenvolver estratégia para a implementação de investimentos na infraestrutura física (obras, manutenção, reformas e serviços de engenharia), materiais e equipamentos nos campi do IFMA. Sua contribuição para o Mapa Estratégico será a adequação e consolidação da infraestrutura acadêmica, administrativa e tecnológica;
  • Sistema de Gestão de Tarefas: também liderado por Berto de Tácio, o projeto visa desenvolver um sistema para gestão de tarefas administrativas e seus respectivos prazos. Uma tarefa pode ser delegada para um ou mais membros da equipe. O sistema emite um relatório de tarefas. A contribuição do projeto para o Mapa Estratégico será mapear e simplificar processos de trabalho;
  • Gestão do Conhecimento: liderado pelo diretor de Administração, Humberto Guimarães, o objetivo do projeto é definir e implantar um modelo de Gestão do conhecimento, tendo como base conceitual o Modelo de Gestão do Conhecimento para a Administração Pública Brasileira (MGCAPB), apresentado em 2012 pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). A Gestão do Conhecimento é um método integrado de criar, compartilhar e aplicar o conhecimento para aumentar a eficiência, melhorar a qualidade e a efetividade social e contribuir com os princípios da Administração Pública;
  • Escritório de Processos: também liderado por Humberto Guimarães, o projeto busca a implantação de uma unidade de apoio para gerir melhor os processos do Instituto. A proposta se baseia na gestão por processos, com a quebra do paradigma funcional/departamental.

 

Novas funcionalidades do SUAP

O diretor de Gestão de Tecnologia da Informação, William Mendes, apresentou as novas funcionalidades desenvolvidas pela equipe da DGTI para o Sistema Integrado de Administração Pública (SUAP): a versão mobile para estudantes e o módulo de cálculo de pagamento para substituto.

SUAP mobile – A versão mobile do SUAP para estudantes já está disponível para alunos matriculados nos campi que usam como sistema acadêmico o SUAP Edu. No aplicativo, o aluno pode consultar os locais e horários de aula. Na “turma virtual”, é possível verificar os nomes e e-mails dos alunos matriculados na disciplina, fazer download de materiais disponibilizados pelo professor e as aulas registradas. Há também um campo para troca de mensagens entre os participantes da turma. O SUAP mobile possibilita o envio de mensagens e notificações para os alunos e futuramente, vai permitir a consulta do histórico escolar.

Módulo de cálculo de pagamento para substituto – Hoje o cálculo do valor a ser pago para servidores que substituem titulares de cargo de direção é feito de forma manual, o que torna o processo muito lento e passível de erros. Com o objetivo de automatizar esse cálculo, a DGTI desenvolveu um novo módulo. Após o preenchimento do formulário, será gerado um relatório com todas as informações do processo, apontando o valor devido ao servidor de acordo com o período de substituição.

 

Planejamento Orçamentário 2018

O pró-reitor de Administração, Washington Ferreira, e o chefe do Departamento de Orçamento e Finanças, Juariedson Lobato, apresentaram a Matriz Conif 2018, documento que estabelece as diretrizes para a distribuição dos recursos para as instituições que integram a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. Na apresentação, eles explanaram os critérios que são utilizados para definir o orçamento e esclareceram dúvidas dos dirigentes sobre a previsão orçamentária em 2018 para cada uma das unidades do IFMA.

 

Galeria de fotos

Mais fotos

Fim do conteúdo da página